Mojorama – OPEN BAR 11.Ago.2017 @ Opinião

Ingressos Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar Saiba como chegar no local do show 🙂

Mojo é positividade, motivação, auto-estima, sex-appeal. MOJORAMA OPEN BAR é a festa que vai concentrar isso em forma de música, no palco com excelentes bandas, nas pickups com seus DJ’s dando o tom e no bar com bebida liberada até às cinco da manhã. A estreia da festa rola na sexta, dia 11 de agosto, a partir das 22h no Opinião (Rua José do Patrocínio, 834). Esteja pronto para muito groove, funk, soul, pop, indie e aquela pitadinha de rock que não pode faltar.

Motherfunky – Formada por músicos armados das melhores influências do black music, a MotherFunky tem em seu repertório toda a qualidade que uma Big Band requer. Os músicos experientes e com históricos no rock, pop, samba rock, clássico e funk fazem da MF não só um projeto musical como uma pesquisa sobre como reproduzir o que há de melhor no Black Music usando das escolas que obtiveram. Stevie Wonder, Jamiroquai, Tim Maia e outros super artistas do Funk Soul vêm representados pelos Teclados de Dimas Souza, Baixo de Rodrigo Pinheiro, Guitarra de Brayan Leges, Bateria de André Milhoranza, Percussão de Vini Silva, Sopros de André França, Fabiano Fava e Voz de Camila Toledo. A MotherFunky diferencia-se na cena cultural gaúcha pelo excelente repertório e versões tão ricas sonoramente quanto o show do seu artista preferido. A banda revisita com qualidade versões de Michael Jackson a James Brown, no tom, no balanço e na categoria!

Fake Brothers – Executando sons de artistas como Bruno Mars, The Black Keys, Muse, Maroon 5, Daft Punk, Strokes, entre outros. Fake Brothers é sinônimo do Pop e do Rock atual sem medo de soar moderno. Pista cheia and Shake Your Body! Guilherme Paranhos (voz), Pedro L. Leão (guitarra), Murilo Bittencourt (baixo) e Chantós Mariani (bateria).

Antes e após as bandas, os DJs Ricardinho F. e Barbosinha coordenam o que há de melhor e mais preciso na cadência do groove, funk (o de verdade!), soul, indie, pop e rock, além de dar o tom com vídeos alucinantes nos telões da casa.

Para beber, o público terá à disposição a cerveja Eisebahn pilsen, Combo (vodka com energético), Vodka Orloff, Whisky Natu, água e refrigerantes – tudo liberado (das 23h às 5h) e, para quem optar por um outro tipo de cerveja, há a Área VIP – Cervejas  Especiais Eisenbahn por um valor diferenciado (confira abaixo) e com diferentes tipos de cerveja como a Weiss, Dunkel, entre outras de acordo com a disponibilidade e estoque.

GARANTA SEU INGRESSO ANTECIPADAMENTE, só assim você consegue um valor mais em conta e garante sua entrada em caso de lotação da casa (informações sobre os locais no serviço abaixo) e isenção de fila.

INGRESSOS
ANTECIPADOS
Pista – 1º lote Promo R$55,00 / 2º lote R$60,00 / 3º lote R$65,00
Área VIP – Cervejas Especiais Eisenbahn – R$70,00*

Passaporte Combo (indicado para aniversariantes) – somente venda antecipada
06 ingressos – R$ 300,00
O passaporte está disponível em todas os pontos de vendas e também pelo site www.blueticket.com.br.
Podem ser adquiridos sem taxa de conveniência na Loja Youcom do Bourbon Wallig – nos demais pontos a taxa para cada passaporte é de R$5,00 e Online a taxa é de 15% em cima do valor.

NA HORA
Pista R$70,00
Área VIP – Cervejas Especiais Eisenbahn R$80,00*
*Clientes da Área VIP tem livre circulação por todas áreas, porém não podem levar as cervejas especiais para outras áreas

PONTOS DE VENDA
Online
www.blueticket.com.br

Lojas
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$5,00):
Multisom — Rua dos Andradas, 1001. Fone: (51) 3931-5381
Multisom — São Leopoldo Shopping Bourbon. Fone: (51) 3952-1310.
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom — Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom — Shopping Iguatemi.
Youcom — Shopping Total. Fone: (51) 3206-5452.
Youcom — Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom — Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, segundo piso), lojas 2086/2090 Fone: (51) 3206-5540.
Youcom — Shopping Canoas Fone (51) 3415-5100

RESUMO
O quê: MOJORAMA Open Bar
Onde: Opinião (José do Patrocínio, 834)
Quando: sexta, 11 de agosto – 22h
Quanto: Pista – Antecipado 1º lote Promo R$55, 2º lote R$60; 3º lote R$65 / Na hora R$70
Área VIP – Cervejas Especiais Eisenbahn – Antecipado R$70/Na hora R$80

Informações
Abstratti Produtora
(51) 3026-3602
[email protected]
www.abstratti.com
www.youtube.com/abstratti

Millencolin 08.Out.2017 @ Opinião

Ingressos
Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento
Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar
Saiba como chegar no local do show 🙂

*início das vendas sexta, dia 2 de junho, 10h

Os suecos do Millencolin, ao lado de colegas estadunidenses como Rancid e NOFX, ajudaram a colocaram o punk em evidência novamente nos anos 1990.

Desde então, o quarteto se destaca entre seus pares e roda o mundo apostando em um hardocore melódico energizante. Apesar dos 27 anos de de estrada, o grupo continua uma referência no gênero que ajudou a consolidar. As performances empolgantes e as composições vibrantes ainda são marca registradas do conjunto europeu. Isso pode ser comprovado no domingo, dia 8 de outubro, quando o Millencolin volta a Porto Alegre para um show no Opinião (José do Patrocínio, 834). A última passagem dos caras pela cidade rolou em 2010 e é lembrada até hoje pelos fãs, já que foi uma apresentação intensa e recheada de clássicos — assim como deve ser a deste ano.

MILLENCOLIN

Local
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Classificação etária:
14 anos

Quando:
Domingo, 8 de outubro, 21h

Horários:
19h – abertura da casa
21h – MILLENCOLIN

Ingressos:

Primeiro lote:
Promocional – R$ 105,00 *
Meia-entrada – R$ 100,00 **
Inteira – R$ 200,00

Segundo lote:
Promocional – R$ 125,00 *
Meia-entrada – R$ 120,00 **
Inteira – R$ 240,00

Terceiro lote:

Promocional – R$ 145,00 *
Meia-entrada – R$ 140,00 **
Inteira – R$ 280,00

* Valor reduzido, por promoção, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível ou agasalho. Nos ingressos promocionais, as doações devem ser feitas no dia do evento, ao acessar a casa de shows.

** 50% de desconto para estudantes e idosos. Para o benefício da meia-entrada é necessário apresentar comprovação no dia do evento, ao acessar o local do show. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

HotPass – R$ 40,00 (o HotPass só dá acesso ao show se acompanhado de ingresso).

Os compradores do HotPass têm direito a entrar 30min antes dos portões abrirem para o público geral. Por isso, pedimos que as pessoas que adquirirem o benefício estejam às 18h na entrada principal da casa de shows (sem necessidade de fila) para entrarem às 18h30min.

Pontos de venda:

Online:
www.blueticket.com.br (em até 6x no cartão)

Lojas:
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186.

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$ 5,00):
Multisom – Rua dos Andradas, 1001. Fone: (51) 3328-8448.
Multisom – São Leopoldo Shopping Bourbon. (51) 3952-1300.
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom – Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom – Shopping Iguatemi, 2º piso. Fone: (51) 3131-2000.
Youcom – Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom – Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, segundo piso), lojas 2086/2090 | Bairro Rio Branco.
Youcom – Shopping Canoas. Fone (51) 3415-5100.

*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

MILLENCOLIN
Foram sete anos sem um disco de estúdio. Até que, em 2015, o Millencolin lançou True Brew, oitavo álbum da carreira. O trabalho anterior do quarteto de skate punk sueco, Machine 15 (2008), os manteve na estrada tocando para fãs ardorosos — aliás, essa era a intenção. O guitarrista Mathias Färm admite uma das razões para ficar tanto tempo sem gravar: “Sentirmos que era importante ter algo realmente bom para oferecer em termo de novas músicas”.

Ele e o baixista/vocalista Nikola Sarcevic — os dois responsáveis pelo processo de composição da banda nas últimas duas décadas — aproveitaram para dar vazão a outros projetos. Sarcevic deu continuidade em seu trabalho solo e Färm montou um novo grupo, chamado Franky Lee, além de produzir outros artistas no estúdio que o Millencolin mantém em Oslo. Já o guitarrista Erik Ohlsson explorou seu interesse em design gráfico, e o baterista Frederik Larzon gerenciou o selo De:Nihil Records e algumas casas noturnas em Örebro.

Depois, o conjunto se juntou novamente para criar True Brew, que saiu pela Epitaph Records e foi registrado pela própria banda (a produção foi de Sarcevic e Färm). Ohlsson ficou encarregado da arte, fotos e vídeos. O álbum deixa claro que a banda está tão coesa quanto no começo da carreira, mesmo 27 anos depois, sete discos e mais de 1,5 mil shows. “Somos uma banda que tem como base o respeito e entendimento um pelo outro e a paixão pelo rock. Se você nos perguntar, diremos que é o melhor trabalho do mundo”, conta o vocalista.

O disco mais recente mostra que o Millencolin nunca perdeu o gás e continua forte no propósito de entreter com consciência. “Tentamos explorar nossa própria essência, aquilo que nos fez ser o que somos e o que nos influenciou quando garotos”, diz Färm. “Desde que iniciamos, a gente tenta explorar algo novo em cada registro. Se alguns discos se distanciaram de onde estávamos anteriormente, o mais recente vai fundo em nosso cerne, no punk rock do começo de nossas trajetórias”, complementa Sarcevic.

Não se trata de uma volta no tempo, no entanto. Enquanto True Brew busca inspiração nas influências fundamentais para o Millencolin, como o Bad Religion, por meio de bateria galopante e veloz e riffs bem feitos, a temática explora questões sociopolíticas modernas. A música “Sense & Sensibility,” por exemplo, aborda a crescente onda nacionalista e racista nos partidos suecos, algo que também se percebe em outros países do ocidente.

O disco não tem apenas temas pesados. A faixa-título carrega ares positivos, uma marca da banda no decorrer dos anos. “Tem relação com lutar para encontrar liberdade e controle de sua própria existências, levando a vida que se quer. A mensagem é seguir seu coração em vez de fazer o que os outros dizem”, pontua Sarcevic.

True Brew é uma obra que soa atemporal e moderna. É um álbum feito por adultos que convivem desde a adolescência, que sobreviveram à mudanças políticas, culturais e tendências musicais variadas

Resumo
O quê: Millencolin
Onde: Opinião – Rua José do Patrocínio, 834
Quando: domingo, 8 de outubro, 21h
Quanto: de R$ 100 a R$ 280

Mr. Big

Mr. Big 22.Ago.2017 @ Opinião

Ingressos
Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento
Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar
Saiba como chegar no local do show 🙂

O Mr. Big comprova sua grandeza com o novo disco, Defying Gravity, lançado em julho deste ano. O trabalho mostra que o quarteto californiano não diminuiu sua capacidade de criar boas composições com o passar do tempo. Nem, tampouco, a versatilidade e a qualidade técnica de seus integrantes. Em ação, no palco, também continuam gigantes. É isso que eles mostram no dia 22 de agosto, no Opinião (José do Patrocínio, 834), em mais um show em Porto Alegre. Os ingressos estão no terceiro lote.

::::: MR. BIG :::::

Local
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Classificação etária:
14 anos

Quando:
Terça-feira, 22 de agosto, 21h

Cronograma:
19h – abertura da casa
21h – MR. BIG

Ingressos:

Terceiro lote:
Promocional – R$ 145,00 *
Meia-entrada – R$ 140,00 **
Inteira – R$ 280,00
* Valor reduzido, por promoção, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível ou agasalho. Nos ingressos promocionais, as doações devem ser feitas no dia do evento, ao acessar a casa de shows.

** 50% de desconto para estudantes e idosos. Para o benefício da meia-entrada é necessário apresentar comprovação no dia do evento, ao acessar o local do show. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

HotPass – R$ 40,00 (o HotPass só dá acesso ao show se acompanhado de ingresso).

>> Os compradores do HotPass têm direito a entrar 30min antes dos portões abrirem para o público geral. Por isso, pedimos que as pessoas que adquirirem o benefício estejam às 18h na entrada principal da casa de shows (sem necessidade de fila) para entrarem às 18h30min.

Pontos de venda:

Online:
www.blueticket.com.br (em até 6x no cartão)

Lojas:
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186.

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$ 5,00):
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom – Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom – Shopping Iguatemi, 2º piso. Fone: (51) 3131-2000.
Youcom – Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom – Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, segundo piso), lojas 2086/2090 | Bairro Rio Branco.
Youcom – Shopping Canoas. Fone (51) 3415-5100.
Multisom (Rua dos Andradas nº1001)
Multisom de São Leopoldo (Shopping Bourbon)

*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

Informações:
Abstratti Produtora
(51) 3026-3602
[email protected]
www.abstratti.com.br
www.facebook.com/abstratti
www.youtube.com/abstratti
www.twitter.com/abstratti

MR. BIG
O nono e mais recente álbum do Mr. Big, Defying Gravity (lançado em 7 de julho de 2017) faz uma ponte entre o passado, o presente e o futuro da banda. Isso porque marca o reencontro do grupo com o produtor Kevin Elson (Journey, Europe, Lynyrd Skynyrd), responsável pelos quatro primeiros discos.

Gravado em apenas seis dias no Ocean Studios, na Califórnia, o disco revela que as características que tornaram o conjunto famoso, como melodias marcantes e excelentes composições, ainda são parte de sua história. Basta ouvir faixas como a pesada e cheia de groove ‘Open Your Eyes’, a harmoniosa ‘Damn I’m in Love Again’, a nostálgica ‘1992’ (relembrando os dias de glória do quarteto nas paradas de sucesso internacional com a esmagadora ‘To Be With You’) e a blueseira ‘Be Kind’ para comprovar a versatilidade do quarteto. No geral, Defying Gravity evidencia que o Mr. Big é uma banda sempre em evolução, que busca excelência criativa, ainda que fiel às suas raízes.

“É inspirador trabalhar com o Mr. Big”, revela o guitarrista e compositor Paul Gilbert, que escreveu boa parte do material novo. “Sei que qualquer ideia que eu traga para o estúdio precisa passar pelos nossos filtros, o que significa que tem de detonar, ter melodia e colocar um sorriso na cara de todos os integrantes”. Em resumo, isso quer dizer que Gilbert, o vocalista Eric Martin, o baixista Billy Sheehan e o baterista Pat Torpey precisam estar de acordo com o resultado final — o responsável pelas baquetas ao vivo, Matt Starr, que também esteve envolvido com os procedimentos de estúdio, não fica de fora das escolhas.

Essa mentalidade de ‘um por todos e todos por um’ é uma das principais inspirações que guia o Mr. Big na busca por desafios. “Isso é o que faz uma banda de verdade”, acredita Torpey. “Acho que todos nós sentimos isso. Não é só a visão de um cara que deve ser seguida pelos demais. Estamos sempre lançando ideias para chegar a um consenso. É isso que faz nossa música ser o que é”.

Sheehan complementa: “Gosto de gravar com senso de urgência. Coloque um microfone em nossa frente, aperte o ‘rec’ e isso deve soar como o que se ouve da gente ao vivo. Quando se é capaz de criar tal tipo de pressão no estúdio em um curto período de tempo, isso ajuda a termos boas composições”

Uma vez que Martin entrou em sintonia com Gilbert, o álbum foi tomando forma em um curto período. “Minha música diz mais sobre mim do que eu mesmo posso falar”, admite o vocalista. “E Defying Gravity é sobre ignorar todos na vida que dizem que você não pode fazer o que quer, que é impossível se fazer o que ama. Você tem de permanecer firme em seus propósitos quando disserem para desistir dos seus sonhos ou daquilo que seu coração deseja em favor de uma vida estável e convencional. Seja ser músico, pintor, dançarino ou o que for”.

Uma das músicas chave de Defying Gravity é ‘1992’, tema que remete às glórias passadas com alegria e bom-humor. “Foi um período incrível em nossas vidas, e logo que o grunge estava começando a acontecer”, pontua Gilbert. “Nesta faixa, escrevo sobre algo que é positivo em quase todos os aspectos, que nos abriu portas mundo afora. De repente, estávamos tocando em estádios na Indonésia, viajando para todos os cantos do planeta. Aquele tempo em que todos tínhamos cabelos compridos (risos). Felizmente, as pessoas ainda têm interesse pelo Mr. Big hoje em dia”

A tradicional qualidade técnica e o virtuosismo da banda também estão presentes no disco novo, e a faixa ‘Mean to Me’ é um exemplo. Nela, Gilbert e Sheehan trocam licks venenosos em seus instrumentos. Gilbert ressalta: “Essa faixa foi feita bem rápido. E o solo foi gravado no primeiro take, sem overdubs, ao vivo com a banda. O delay que usei ajudou para deixar tudo duas vezes mais veloz. Já Sheehan não usou efeitos. Ele apenas luta contra meu solo tecnológico com o puro fogo de suas mãos”.

Martin está orgulhoso por Defying Gravity mostrar o que de melhor o Mr. Big tem a oferecer: “Há algo sobre nossa banda. Passamos por muita coisa juntos. Existe um vínculo espiritual que nos une e nos permite executar as melhores performances para um disco que nasceu tão rapidamente”.

Gilbert está ansioso para levar as novas músicas para o público ao redor do mundo: “Sabemos que vamos executar essas faixas no palco. E não vamos mais ficar olhando um nos olhos dos outros, vamos mirar diretamente na audiência e perceber suas reações sobre o álbum que acabamos de lançar”.

Torpey finaliza: “O disco tem uma mensagem positiva, e é isso que me agrada sobre ele. Ainda podemos voar depois de todos esses anos”.

>>> Resumo <<<
O quê: Mr. Big
Onde: Opinião – Rua José do Patrocínio, 834
Quando: terça-feira, 22 de agosto, 21h
Quanto: de R$ 100 a R$ 280

Helloween 31.Out.2017 @ Pepsi On Stage

Ingressos
Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento
Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar
Saiba como chegar no local do show 🙂

Não é magia, nem feitiçaria! É pura sincronia: o Helloween faz show em Porto Alegre no dia de Halloween, 31 de outubro! Não é apenas uma apresentação, é a passagem da aguardada turnê Pumpkins United World Tour pelo Sul do Brasil. A gira coloca no palco, depois de duas décadas, o vocalista Michael Kiske e o guitarrista Kai Hansen. Além deles, o espetáculo com aproximadamente 3 horas de duração reúne ainda Michael Weikath, Markus Grosskopf, Andi Deris, Sascha Gerstner e Daniel Löble. Se você perder, será assombrado pelo arrependimento para todo o sempre.

::::: HELLOWEEN :::::

Local
Pepsi on Stage (Av. Severo Dullius, 1995)

Classificação etária:
14 anos

Quando
Terça-feira, dia 31 de outubro – 21h

Cronograma
19h – abertura da casa
21h – HELLOWEEN

Ingressos

Pista Premium
1º lote: Promocional – R$ 165,00* / Meia – R$ 160,00** / Inteira – R$ 320,00
2º lote: Promocional – R$ 195,00* / Meia – R$ 190,00** / Inteira – R$ 380,00
3º lote: Promocional – R$ 225,00* / Meia – R$ 220,00** / Inteira – R$ 440,00

Pista
1º lote: Promocional – R$ 95,00* / Meia – R$ 90,00** / Inteira – R$ 180,00
2º lote: Promocional – R$ 115,00* / Meia – R$ 110,00** / Inteira – R$ 220,00
3º lote: Promocional – R$ 125,00* / Meia – R$ 120,00** / Inteira – R$ 240,00

Mezanino
1º lote: Promocional – R$ 125,00* / Meia – R$ 120,00** / Inteira – R$ 240,00
2º lote: Promocional – R$ 145,00* / Meia – R$ 140,00** / Inteira – R$ 280,00
3º lote: Promocional – R$ 165,00* / Meia – R$ 160,00** / Inteira – R$ 320,00

* Valor reduzido, por promoção, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível ou agasalho. As doações devem ser feitas no dia do evento, ao acessar a casa de shows.

** 50% de desconto para estudantes, idosos e PNEs. Para o benefício da meia-entrada é necessário apresentar comprovação no dia do evento, ao acessar o local do show. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:
Online
http://www.blueticket.com.br/19400/Helloween (em até 6x no cartão)

Lojas
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186.

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$5,00):
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom – Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom – Shopping Iguatemi, 2º piso. Fone: (51) 3131-2000.
Youcom – Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom – Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, segundo piso), lojas 2086/2090 | Bairro Rio Branco.
Youcom – Shopping Canoas. Fone (51) 3415-5100.
Multisom (Rua dos Andradas nº1001)
Multisom de São Leopoldo (Shopping Bourbon)

*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.

*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

Informações
Abstratti Produtora
(51) 3026-3602
[email protected]
www.abstratti.com.br
www.facebook.com/abstratti
www.youtube.com/abstratti
www.twitter.com/abstratti

HELLOWEEN

Michael Kiske (voz) e Kai Hansen (guitarra) dividirão os palcos em shows do HELLOWEEN para ressuscitar a formação lendária da banda. Sim, é oficial: Weikath (guitarra), Kiske (voz), Hansen (guitarra) e Grosskopf (baixo) tocarão clássicos em turnê. Sob a bandeira PUMPKINS UNITED todos os pumpkin heads estarão juntos: Andi & Michi nos vocais, Kai & Weiki & Sascha nas guitarras, e Markus & Dani na parte rítmica.

PUMPKINS UNITED WORLD TOUR 2017/2018: GOOD. AS. IT. GETS.

Indiscutivelmente, o HELLOWEEN é uma das bandas de metal mais respeitadas da Alemanha e considerada fundadora do german melodic speed metal. Como padrinhos do gênero, eles cresceram e se tornaram um dos nomes mais influentes do metal no planeta.

O grupo chegou bem mais longe do que poderia imaginar, lá no início da carreira, em 1984. O HELLOWEEN se apresentou em inúmeros festivais de metal ao redor do globo, como Rock in Rio, Loudpark (Tóquio), Wacken e Woodstock, na Polônia, onde foi headliner tocando para uma platéia de 500 mil fãs. A banda foi para a estrada como atração principal em incontáveis turnês mundiais e fez shows espetaculares com a aprovação de gigantes, como Iron Maiden, Black Sabbath, Dio, Slayer ou Ozzy Osbourne – para citar apenas alguns.

Eles também tocaram em locais exóticos, tal qual Bornéu (Indonésia) e Manaus, ou acima de 10,6 mil pés na capital mais alta do mundo, La Paz (Bolivia). O show incrível da banda no festival Monsters Of Rock, em Castle Donington, para mais de 100 mil metalheads, em 1988, também é outro fato memorável.

Incluindo obras-primas do gênero, como Keeper of the Seven Keys partes I & II, os caras já lançaram 14 álbuns de estúdio estúdio e três discos ao vivo. Já venderam mais de oito milhões de discos e ganharam 14 discos de ouro e seis de platina. Por 30 anos, o HELLOWEEN tem feito a alegria dos fãs com riffs fantásticos, grandes canções e melodias eficientes – são três décadas de uma carreira global que foi oficialmente celebrada com o livro Hellbook, em 2015.

Foi a partir da publicação e das turnês com Kai que nasceu a idéia para a PUMPKINS UNITED. Esses acontecimentos fizeram com que eles percebessem que a história da banda exigia um próximo capítulo. Ou, como Michael Kiske assim descreveu: “Cantar uma faixa original do HELLOWEEN já foi um flashback e tanto, mas tocar com a formação original e Andi vai ser algo realmente especial. Chegou a hora”.

Os shows tem quase três horas de duração, com clássicos e fan favorites no repertório. A banda promete uma viagem com o pé no acelerador. “Nós já tivemos uma experiência extraordinária no Hellish Rock part 1 & 2, mas desta vez nós vamos certamente dobrar as expectativas”, diz Kai Hansen. Markus Grosskopf acrescenta: “Com certeza o setlist vai ter músicas que não tocamos há muito tempo, ou até mesmo algumas que nunca tocamos”.

Lembre-se que, provavelmente, esse fantástico encontro não vai acontecer de novo. Andi toca nossos corações metaleiros quando diz: “Estou muito ansioso para tocar minhas músicas e as do Michi ao vivo junto com ele nos palcos. Vai ser absolutamente excepcional”.

Resumo
O quê: Helloween – Pumpkins United Tour
Onde: Pepsi on Stage – Av. Severo Dullius, 1995
Quando: terça-feira, 31 de outubro, 21h
Quanto: de R$ 90 a R$ 440

Anthrax 10.Nov.2017 @ Opinião

Ingressos
Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento
Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar
Saiba como chegar no local do show 🙂

*INÍCIO DAS VENDAS TERÇA-FEIRA, DIA 8 DE AGOSTO, 10h da manhã

Qualidade sonora que persiste ao tempo. É isso que faz do Anthrax um dos quatro seletos integrantes do Big Four do thrash metal  (ao lado de Metallica, Slayer e Megadeth). Espalhando a doença da música instigante entre os vivos desde 1981, o quinteto retorna a Porto Alegre em 10 de novembro. O show rola no Opinião (Rua José do Patrocínio, 834) e tem tudo para ser o mais puro estado de euforia.

::::: ANTHRAX :::::

Local
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Classificação etária:
14 anos

Quando
Sexta, dia 10 de novembro – 20h

Cronograma
19h — abertura da casa
20h — ANTHRAX

Ingressos
Primeiro lote*
Promocional — R$ 145,00 **
Meia-entrada — R$ 140,00 ***

Segundo lote*
Promocional — R$ 165,00 **
Meia-entrada — R$ 160,00 ***

* Inteira: para quem preferir não optar pelo ingresso promocional ou não tiver direito ao desconto da meia-entrada, os valores são: 1º lote R$ 280 e 2º lote R$ 320.

** Promocional: valor reduzido, por promoção, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível ou agasalho. Nos ingressos promocionais, as doações devem ser feitas no dia do evento, ao acessar a casa de shows. Válido para qualquer cliente.

*** Meia-entrada: 50% de desconto para estudantes e idosos. Para o benefício da meia-entrada é necessário apresentar comprovação no dia do evento, ao acessar o local do show. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:

Online
www.blueticket.com.br (em até 6x no cartão)

Lojas (somente em dinheiro)

SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$5,00):
Multisom — Rua dos Andradas, 1001. Fone: (51) 3931-5381.
Multisom — São Leopoldo Shopping Bourbon. Fone: (51) 3952-1310.
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom — Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom — Shopping Iguatemi.
Youcom — Shopping Total. Fone: (51) 3206-5452.
Youcom — Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom — Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, 2º piso), lojas 2086/2090 | Bairro Rio Branco. Fone: (51) 3206-5540.
Youcom — Shopping Canoas Fone (51) 3415-5100.

*A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e dos pontos de venda oficiais.
*Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

ANTHRAX
É caso raro no meio musical uma carreira ter segunda chance. Muito menos um segundo ato. Mas o Anthrax não é o tipo de banda tradicional. Formado em Nova York, em 1981, o grupo que viria a vender mais de 1 milhão de discos e se tornar a personificação de um estilo único — que junta o visual hip-hop americano, riffs potentes e sonoridade thrash em resposta ao New Wave Of British Heavy Metal (NWOBHM) — passou por duas fases distintas em sua trajetória. E isso nem é seu maior feito. Seria difícil, aliás, definir qual é. Afinal, o Anthrax abrigou, no chão do seu estúdio, um Metallica em início de carreira (1983), se tornou um marco para os geeks imortalizando o juiz Dredd (personagem dos quadrinhos) na faixa ‘I Am The Law’ (1987), ergueu o dedo do meio para críticos e preconceituosos quando colaborou com lenda do rap Public Enemy (1991) e provou que álbuns clássicos não estão fora de moda ao lançar Worship Music (2011). A real é que a história do grupo revela uma determinação enérgica frente às possibilidades ultrajantes da vida.

O grupo é o representante mais animado do Big Four, indiscutivelmente. O Anthrax é o membro da fraternidade thrash que manteve os olhos focados no futuro e que consistentemente entregou bons resultados, no estúdio e no palco. Foi ao vivo, inclusive, ao lado dos demais companheiros conspiradores que a história do 11º disco começou a tomar forma. Ver o próprio nome brilhando em luzes ao lado de Slayer, Megadeth e Metallica teve um efeito catalisador em uma banda cansada de anos de trabalho e de mudança. De acordo com o baixista Frank Bello, não foi apenas um potente lembrete sobre o que eles fizeram, mas também sobre o quão longe chegaram.

“Quando o Big Four se reuniu novamente em 2009, isso meio que nos fez recordar que pertencemos a esse seleto grupo. Não que tivéssemos esquecido, mas as pessoas talvez sim — isso repentinamente fez sentido. Foi como ‘wow, estamos levando nossos traseiros para a batalha por todos esses anos’, e então lançamos Worship Music, que foi o catalisador. A gente sabia que tinha algo grandioso, mas tínhamos de nos dar uma chance — vendemos muitos discos. É o testamento de o quão maravilhosos são os fãs de metal, porque eles voltaram! Estamos fazendo isso por 35 anos. Somos o que somos e não adianta.”, diz Bello.

Como banda, o Anthrax teve suas turbulências criativas, mas elas acrescentaram à sua química única. Todos os cinco membros contribuíram com ideias e fizeram sugestões para praticamente todos os sons no trabalho mais recente, For All Kings (2016). O baterista Charlie Benante fez apontamentos importantes nas construções iniciais; o guitarrista Scott Ian usou um jeito muito particular para incorporar suas ideias líricas nas músicas; Bello provou ser muito talentoso em escrever melodias, o que estabeleceu a banda à parte dos congêneres; o vocalista Joey Belladonna criou linhas para encaixar da melhor maneira seu vocal crescente; e o guitarrista Jon Donais (Shadows Fall) trouxe riffs esmagadores. No fim das contas, todos os cinco contribuíram para criar o que simplesmente é a música do Anthrax.

E união desses esforços culminou em For All Kings. Apesar da qualidade do material, rolaram diversos obstáculos para superar. O resultado, em resumo, é um disco tão diverso quanto satisfatório. É uma festa para os ouvidos e uma espécie de volta por cima para uma banda que carrega a distinção única de ter inventado o que faz e ser a melhor nisso. Das diretas e sem frescuras ‘You Gotta Believe’ e ‘Evil Twin’ até a sensacional e cheia de riffs pesados ‘Blood Eagle Wings’, passando pela faixa-título, For All Kings — como revela Belladonna — foi tão divertido de gravar quanto é de ouvir.

>>> Resumo <<<
O quê: ANTHRAX
Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834).
Quando: sexta-feira, 10 de novembro, 20h
Quanto: de R$ 140 a R$ 320

Informações
Abstratti Produtora
(51) 3026-3602
[email protected]
www.abstratti.com.br
www.facebook.com/abstratti
www.youtube.com/abstratti

Apocalyptica 21.Nov.2017 @ Opinião

Ingressos
Compre seu ingresso online em até 6x no cartão

Evento
Confirme sua presença no evento oficial do facebook

Como Chegar
Saiba como chegar no local do show 🙂

O conjunto responsável por popularizar ao mundo que rock pode ser feito com requintes clássicos faz sua estreia em Porto Alegre neste ano. O Apocalyptica, da Finlândia, toca dia 21 de novembro, no Opinião (Rua José do Patrocínio,834). A primeira passagem pela Capital integra a tour de comemoração dos 20 anos de lançamento de Plays Metallica by Four Cellos, disco de estreia quarteto de cordas, que será executado na íntegra neste show.

::: SERVIÇO APOCALYPTICA:::
Local
Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)

Classificação etária:
14 anos

Quando
Terça, dia 21 de novembro, às 21h

Cronograma
19h – abertura da casa
21h – APOCALYPTICA

Ingressos
Primeiro lote
Promocional – R$ 125,00 *
Meia-entrada – R$ 120,00 **
Inteira – R$ 240,00
Segundo lote
Promocional – R$ 145,00 *
Meia-entrada – R$ 140,00 **
Inteira – R$ 280,00
Terceiro lote
Promocional – R$ 165,00 *
Meia-entrada – R$ 160,00 **
Inteira – R$ 320,00
* Valor reduzido, por promoção, mediante doação de 1kg de alimento não-perecível ou um agasalho que devem ser entregues na entrada do evento.
** 50% de desconto para estudantes e idosos. Para o benefício da meia-entrada é necessário apresentar comprovação no dia do evento, ao acessar o local do show. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.
HotPass: R$ 40,00
⇒ Os compradores do HotPass têm direito a entrar 30min antes dos portões abrirem para o público geral. Por isso, pedimos a quem adquirir esse tipo de acesso que esteja às 18h na entrada principal da casa de shows (sem necessidade de fila) para acessar o local às 18h30min.
ATENÇÃO: O HotPass só é válido junto ao ingresso. Sozinho, ele não dá direito ao benefício.

Pontos de venda:
Online
www.blueticket.com.br (em até 6x no cartão)
Lojas
SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA:
Youcom – Bourbon Wallig, 3º piso. Fone: (51) 2118-1186

COM TAXA DE CONVENIÊNCIA (R$5,00):
Youcom – Bourbon Ipiranga, 1º piso. Fone: (51) 3204-5210.
Youcom – Shopping Praia de Belas, 3º piso. Fone: (51) 3206-5530.
Youcom – Shopping Iguatemi.
Youcom – Barra Shopping, térreo. Fone: (51) 3206-5423.
Youcom – Novo Hamburgo (Av. Nações Unidas, 2001, segundo piso), lojas 2086/2090 | Bairro Rio Branco.
Youcom – Shopping Canoas. Fone (51) 3415-5100.
Multisom (Rua dos Andradas nº1001)
Multisom de São Leopoldo (Shopping Bourbon)
IMPORTANTE:
A organização do evento não se responsabiliza por ingressos comprados fora do site e pontos de venda oficiais.
Será expressamente proibida a entrada de câmeras fotográficas profissionais e semiprofissionais, bem como filmadoras de qualquer tipo.

Apocalyptica

Formada em 1993, a Apocalyptica é uma banda de rock diferenciada: explora sons baseados em violoncelo – boa parte instrumental, com alguns momentos de trabalho vocal. Seja qual for a musicalidade (de interlúdios atmosféricos a ritmos rápidos), o conjunto impressiona pela melodia, emoção e dinâmica. Já são oito discos lançados até o momento. Nessa discografia, entram composições autorais e belas interpretações de nomes de peso, como Metallica, Faith No More, Motorhead, AC/DC e Sepultura.
O disco de estreia, Plays Metallica by Four Cellos, foi justamente de releituras. Nele, os finlandeses fizeram arranjos emocionantes para músicas da banda que levou o thrash para os patamares mais altos do showbusiness. A turnê atual celebra os 20 anos de lançamento desse álbum.
A gira, iniciada ano passado, já passou por Estados Unidos e Europa. O sucesso mundo afora e as mais de duas décadas de carreira comprovam que o Apocalyptica é um fenômeno consistente, de qualidade.
“Quando fizemos o trabalho de estreia, nossa expectativa era vender umas mil cópias e tocar alguns shows. Mas, depois do lançamento, recebemos convites para fazer várias apresentações e nosso som mudou bastante. Nós percebemos que tínhamos de fazer algo ainda mais excitante. Então, em 1998, saiu Inquisition Symphony, com produção mais aprimorada. Todo mundo achava que a sensação duraria só o primeiro disco e, depois do segundo, disseram que não poderíamos fazer nada melhor, que a banda estava com os dias contato. No entanto, estamos aqui até hoje”, recorda um dos fundadores do grupo, Eicca Topinnen.

Resumo
O quê: Apocalyptica
Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando: terça-feira, 21 de novembro, 21h
Quanto: de R$ 120 a R$ 320

Informações
Abstratti Produtora
(51) 3026-3602
[email protected]
www.abstratti.com.br
www.facebook.com/abstratti
www.youtube.com/abstratti